• O Buscador

Jamais terceirize sua felicidade

O homem que depende emocionalmente de algo ou alguém é como um viciado


Já vou começar esse texto desmascarando uma mentira que todos te contaram:


''Encontre uma pessoa que te complete''


Essa é uma das maiores ilusões. Cara, você não precisa de ninguém para te completar! Você deve e vai aprender com esse artigo a ser completo antes de qualquer coisa. E então encontrará alguém que te transborde.


Antes de tudo entenda uma coisa:


O homem que se sente incompleto e busca se unir a alguém para se completar não busca essa união somente em pessoas, busca também no álcool, drogas, dinheiro, status, poder...


Porque isso?


Esse homem não se sente digno, merecedor, seguro e confiante o bastante, então busca esses atributos em coisas externas.


Enquanto essa fonte de energia está em sua vida ele pode até se sentir realizado, mas se torna um refém desta, se a perder ele volta a se sentir completamente vulnerável e impotente.


Esse homem emocionalmente dependente é como um aleijado que precisa de uma muleta para caminhar, uma muleta emocional.


O que acontece quando um homem procura outra pessoa, ou outra coisa, para o completar? Qual a Autoimagem que esse homem carrega? Como ele pode transcender isso?


Você vai compreender tudo isso até o final desse post.


Já está bem claro, quando o homem procura algo para se sentir completo é porque se sente incompleto, ente que lhe falta algo.


Eu vivi parte da minha vida buscando valor nas pessoas e em relacionamentos porque eu me sentia incompleto. O que me faltava? Amor próprio, me sentir digno e merecedor.


Talvez fosse a partida do meu pai, talvez fosse uma mãe devoradora que bloqueava completamente a conquista da minha própria individualidade. Episódios mais do que normais na nossa sociedade hoje, talvez você tenha passado por um história semelhante, mas olha pra trás e diz, ''tive uma infância muito feliz''.


Claro, eu também tive. Hoje você tem consciência de que o mundo não é como gostaríamos que fosse, mas alguns episódios marcam tanto uma criança de 3 ou 4 anos, que essas marcas podem ser carregadas por toda a vida.


O que você perdeu quando era criança?


Sua individualidade?

Seu poder pessoal?

Seu autorrespeito?

Sua dignidade?

Sua coragem?

Sua agressividade?

Sua fé em si mesmo?...


Pode ter perdido tantas coisas, mas hoje só lhe restam dois caminhos, e você escolhe entre eles todos os dias:


Continuar fugindo e tentando se completar, anestesiar essa dor com coisas externas.


Iniciar sua jornada interna e reivindicar aquilo que você perdeu.


Enquanto o homem incompleto continuar olhando para fora e tentar se unir a coisas externas ele vai continuar sendo escravo do mundo.


Não tente se relacionar com ninguém para se sentir digno de amor, não espere se embriagar para se sentir alegre, não use químicos para sentir êxtase, não espere ter grana para se sentir livre, não espere ter status para sentir seu poder pessoal...


Tudo isso é ilusão, e por mais que seja tentador é uma ilusão.


O verdadeiro crescimento do homem está no autoconhecimento, no autodomínio, na sabedoria, na maturidade e no despertar do verdadeiro poder pessoal dentro dele.


É uma jornada que você precisa iniciar. Uma jornada onde você enfrentará seus demônios internos. Mas só conseguirá enfrentá-los olhando para si mesmo e parando de fugir olhando para fora.


Pare de buscar fora o que é preciso procurar dentro!


Cara que bom que você chegou até aqui, espero que este post gerado valor para você.


Se sim, deixe seu like como agradecimento

Deixe um comentário aqui em baixo

E seja luz na vida de um amigo compartilhando essa mensagem com ele





105 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo