• O Buscador

Como usar o ritmo hipnótico a seu favor

Ritmo hipnótico é o último estágio do hábito


Com esse post você vai aprender a utilizar uma das secretas leis da natureza a seu favor e construir uma vida completamente diferente de tudo o que você já viveu.


Naturalmente o homem médio se sente preso a um pântano, e a cada tentativa frustrada de se libertar se sente cada vez mais submerso. A maioria desses homens um dia se cansa e entrega os pontos. Definitivamente desiste e aceita uma vida mediana.


Se pelo menos esse homem tivesse consciência dessa lei, e a aplicasse a seu favor, com certeza as coisas poderiam ser diferentes.


E você vai aprender essa lei agora.


Cara, se existe em algum lugar dentro de você um desejo ardente por uma vida completamente diferente de tudo o que você já viveu até hoje, com mais êxtase, paixão, energia, ambição, prosperidade, prazer e abundância você precisa aprender a usar o Ritmo Hipnótico a seu favor.


Você vai ver claramente como sua pegada vai mudar depois de adotar essa lei universal na sua vida.


O que é ritmo hipnótico?


Ritmo hipnótico é o ultimo estágio de qualquer hábito, é quando o seu comportamento está enraizado tão profundamente em você que você o faz sem perceber.


É um piloto automático que você sequer tem consciência.


Perceba como a maioria das coisas que você faz segue um padrão, e são realizadas quase inconscientemente. O que você fala, o que você come, o quanto come, com quem conversa, o que eu você veste, faz, fala...


E isso não se resume a comportamentos, hábitos mentais também, você segue um determinado padrão de pensamento, mesmo que não perceba.


Porque é automático.


O Ritmo Hipnótico não é ruim, ele apenas é uma lei. Uma lei que te condiciona a agir e pensar de uma forma habitual sem tomar consciência desse padrão.


Se você tem o hábito profundamente enraizado de guardar 10% do seu salário todos os meses em alguma instituição que lhe renda juros desse dinheiro, e isso pode ser muito bom.


Se você tem o hábito profundamente enraizado de beber água, fazer atividades físicas diariamente, comer bem, meditar, ler, organizar seu ambiente, suas finanças, nutrir seus relacionamentos... com o tempo você pode realizar isso em um ritmo hipnótico, e vai com certeza colher ótimos resultados disso também.


Alguns hábitos realmente são ótimos para a saúde física, mental e emocional de um homem.


Porém, se você:


Tem um hábito de beber enquanto come.

Pegar o celular logo quando acorda.

Gastar mais do que recebe.

Fumar depois de tomar um copo de café.

Chegar depois do trabalho, se espalhar no sofá e comer mal.

Consumir álcool todos os finais de semana como uma regra na sua vida...


Você pode colher péssimos frutos ao longo da sua vida.


Neuroplasticidade


Nós temos uma dádiva em nossa vida que se chama Neuroplasticidade, ela é definida como a capacidade que o nosso sistema nervoso tem de se moldar e se adaptar em função de uma determinada tarefa e função realizada repetidas vezes.


Quando você realiza qualquer coisa nova é exigido de você uma alta quantidade de energia e atenção, porque é algo novo, desconhecido e coloca resistência ao velho condicionamento.


A medida que você repete esse novo comportamento ele começa a demandar menos energia e atenção de você, por que seus sistema nervoso vai criando ''atalhos'' para facilitar a realização deste já que você realiza com frequência, e se existe uma coisa que seu cérebro adora é economizar energia.


Você realiza esse novo comportamento tantas vezes até se tonar uma maneira usual de agir ou fazer algo, isso se torna um hábito.


E um hábito realizado por um longo tempo, é realizado em um ritmo hipnótico.


Você o faz sem perceber, sem tomar consciência dele. É como uma automação.


Tomando consciência


Quando você tem consciência dessa lei e deseja alavancar a sua vida em qualquer área, afetiva, financeira, social, física, emocional... Você precisa se conscientizar dos hábitos que você vem realizando frequentemente de maneira automática e que geram dano físico, mental, financeiro, emocional...


Somente quando você toma consciência de algumas coisas que você pode então fazer diferente.


Cara, tire um tempo para você e observe todos seus hábitos, desde do momento que você acorda até o momento que você vai para a cama novamente.


Perceba se seus hábitos são construtivos ou destrutivos, se eles te abastecem ou drenam sua energia, seu dinheiro, sua saúde...


Observe tudo. A forma como você se veste te deixa confiante ou inseguro? O que você come te faz bem ou te faz mal? Gasta mais do que ganha? Você se alimenta quando tem fome ou come o tempo todo? Faz uso de algumas substâncias? Critica de mais a si mesmo ou os outros? Sobre o que você fala? Com age com as outras pessoas? Bebe café em copo descartável?( o pior hábito para um homem quando falamos em testosterona)...


Faça uma análise geral de tudo isso e veja para onde esse padrão comportamental está te levando.


Você só pode vencer um inimigo quando o conhece, certo?


Virando o jogo


Depois de tomar consciência de todos os hábitos que te destroem, pense em hábitos que poderiam substituí-los, pense em hábitos construtivos geradores de saúde, confiança, segurança, dinheiro, paz mental, energia, produtividade, foco...


Faça o compromisso consigo mesmo de realizá-los com a frequência determinada.


Se preciso anote, faça uma declaração, tenha metas bem claras diárias, semanais... E acima de tudo, domine o impulso de agir da forma que já estava condicionado.


O Autodomínio é indispensável.


Tenha disciplina e faça o que precisa ser feito.


Trabalhe e espere que a natureza faça sua parte.


Os hábitos são como sementes, demoram para criar raízes profundas, se fortalecerem e darem frutos... Mas a colheita é certa quando cultivados de maneira eficiente.


O primeiro dever de um homem é com ele mesmo.



Cara que bom que você chegou até aqui!


Se esse post gerou algum valor para você deixe seu gostei aqui em baixo.


E escrava aqui nos comentários qual o hábito que você precisa urgentemente erradicar de sua vida


Um abraço

Victor Maroto

O Buscador




0 visualização0 comentário